12 de mai de 2008

MONOGRAFIA DE JORGE CORREIA DA ROCHA CAP. 2

Com a intenção de perceber a real importância atribuída à formação continuada e os desafios enfrentados pelos educadores, foi feita uma pesquisa de campo na modalidade de questionários com perguntas abertas e fechadas em algumas escolas estaduais e municipais das cidades de Água Fria e Serrinha. É da metodologia aplicada para a realização de tal pesquisa que trata o segundo capítulo desta monografia. Já no terceiro capítulo passa-se a analisar os dados obtidos na pesquisa de campo, confrontando as informações obtidas entre os educadores das cidades pesquisadas, fundamentando tal processo em falas de estudiosos que abordam esta problemática. Neste momento do trabalho, também se averigua as hipóteses levantadas pela equipe de elaboração deste texto monográfico. O último capítulo refere-se à conclusão da monografia. Neste estágio da pesquisa, o grupo discorre sobre todo o processo de realização da monografia, comenta o confronto das hipóteses através da análise da real situação dos professores pesquisados e sinaliza as mudanças de concepções colhidas. Finalizando, evidenciamos a posição desta equipe acerca do processo de formação contínua do professor no atual contexto sócio-educacional. 1. REVISÃO BIBLIOGRÁFICA 1.1 Os desdobramentos da educação na sociedade da informação Vivemos atualmente numa sociedade pautada por um fluxo intenso de informações e descobertas que tendem a provocar mudanças ou não, na vida das pessoas. Ou seja: [...] numa sociedade complexa, repleta de sinais contraditórios, inudada por canais e torrentes de informação numa oferta de "sirva-se quem precisar e do que precisar" e "faça de mim o uso que entender". O cidadão comum dificilmente consegue lidar com a avalanche de novas informações que inundam e que se entrecruzam com novas idéias e problemas, novas oportunidades, desafios e ameaças. ALARCÃO (2005, p. 13). Informações estas que chegam até nós das mais diversas formas, principalmente através dos veículos de comunicação. Estes se apresentam como os mais variados possíveis. E onde se encontra a fonte dessas informações? Na própria sociedade em seus processos de construção e (re) construção de aprendizagens. Segundo Braga e Calazans: com a proliferação mediática, cinema, rádio, televisão. Diversificação dos meios impressos, acessibilidade geral das tecnologias de registro de som e imagem, informatização acelerada de processos, comunicação hipermidiática – a quantidade se evidencia como qualidade, e nos vemos envolvidos em um outro processo geral de circulação de saberes. (2001, p. 20)

Nenhum comentário:

FAÇA SUA PESQUISA